enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Garupa saca para atirar em PM e perde a arma

  • Por Janaina Monteiro

Um paulista suspeito de vir a Curitiba para roubos conhecidos por “saidinha de banco” foi preso, no final da manhã de ontem, no Boqueirão. Rodrigo Rios Borges, 28 anos, estava na garupa de uma moto e, durante perseguição, derrubou o revólver ao tentar atirar contra policiais militares. O piloto conseguiu fugir depois de abandonar a Honda CB 300R, que foi apreendida juntamente com a arma de numeração raspada.

Rodrigo tem passagem por roubo e porte ilegal de arma em São Paulo e foi encaminhado ao 7.º Distrito Policial (Hauer). A delegacia investiga se os motoqueiros foram os mesmos que roubaram cerca de R$ 5 mil do cliente de um banco da Avenida Marechal Floriano Peixoto. A vítima foi abordada pelos marginais quando se preparava para entrar no carro na Rua das Carmelitas. Ainda pela manhã, a PM informou que houve o roubo de R$ 70 mil também durante uma “saidinha de banco”.

Perseguição

De acordo com o sargento César, do 20º Batalhão da Polícia Militar, os motoqueiros foram abordados na Rua Paulo Setúbal e quando entraram na Rua Cascavel o carona tentou sacar o revólver, mas se desequilibrou e deixou a arma cair no asfalto.

A viatura continuou perseguindo a moto, sentido Xaxim. Na Rua Francisco Derosso, Rodrigo saltou do veículo e foi preso. O piloto fugiu e abandonou a moto, algumas quadras adiante. Rodrigo tinha uma balaclava no bolso e fita adesiva, usada por assaltantes para esconder as placas de motos.

“Recebemos a informação de que ele veio para praticar o crime e retornaria no dia seguinte para São Paulo. Como a placa da moto é de Curitiba, é possível que o piloto seja daqui”, disse o sargento. O comparsa não foi identificado. De acordo com o delegado Amarildo Antunes, do 7.º DP, Rodrigo seria autuado por porte ilegal de arma.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas