enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Gangue da Meia-Lua tem mais dois crimes

  • Por Valéria Biembengut
Laércio, Iran, José, Adilson e
Jeferson: acusados de homicídios.

A quadrilha desbaratada por policiais militares na tarde de sexta-feira, na invasão Meia-Lua, no Boqueirão, é responsável por mais dois homicídios. A informação é da delegada Vanessa Alice, do 7.º Distrito, que investiga o caso.

Laércio Lima Silva, 26 anos, Iran Anderson de Oliveira, 29, José Amarildo Cunha, o “Zelão”, 29, Adilson Machado Martins, 19, e Jeferson da Silva Batista, 20, e um menor – de 16 anos -, foram presos por policiais militares da Ronda Ostensiva de Natureza Especial (Rone) depois de se envolverem em dois tiroteios: um na Vila das Torres e outro na invasão Meia-Lua.

A delegada informou que as vítimas do grupo são os irmãos Roberto de Oliveira, assassinado no dia 12 de janeiro deste ano, e Márcio de Oliveira, morto a tiros no dia 18 de agosto do ano passado. Os dois crimes ocorreram na Meia-Lua, no Boqueirão. “Eles confessaram os crimes e alegam que os rapazes eram viciados em drogas, mas sabemos que o motivo real é a disputa por ponto de venda de entorpecentes”, relatou a policial.

Mais crimes

“Ainda tem outros integrantes da gangue soltos. Vamos identificá-los e solicitar a prisão à Justiça”, ressaltou a policial, que apura também outros prováveis crimes praticados pelo grupo. Ela disse que além da metralhadora apreendida pela PM, na sexta-feira, o assassinos possuem outras armas de grosso calibre.

Ainda de acordo com Vanessa Alice, há notícias da existência de uma gangue rival a esta e que também deverá ser identificada. “Tanto é verdade que muitas pessoas já morreram dos dois lados”, argumentou a policial.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas