Quinze presos fugiram da delegacia de Ibiporã, norte do Estado, na madrugada de ontem, serrando grades e pulando o muro. Havia apenas um investigador de plantão na delegacia.

Até o final da tarde de ontem, nenhum fugitivo havia sido recapturado. Segundo o delegado Marcos Belinati, a fuga aconteceu por volta das 3h30. O plantonista reparou a movimentação através de uma das câmeras, instaladas no corredor da carceragem e chamou reforço da Polícia Militar. As celas, projetadas para 24 pessoas, abrigavam 57 detidos.

Há cerca de um ano, o xadrez de Ibiporã passou por reformas. Câmeras de monitoramento foram instaladas em pontos estratégicos. As grades das entradas de ar foram substituídas por outras mais grossas, chumbadas na parede, além de receberem uma chapa de aço com furos por cima. Os muros receberam cercas elétricas.

São procurados: Edivaldo da Cunha (latrocínio), Walmir Malta (homicídio), Alexandre Coutinho (vindo da delegacia de Sertanópolis), Valdecir Paulino dos Santos (tráfico de drogas e homicídio), Renato Rodrigues (roubo), Igor Souza Dionísio (roubo), Osmar Emerson das Dores (furto), Telmo da Silva Augusto (foragido da Colônia Penal Agrícola – CPA – e detido em flagrante por furto), Fábio Martins (foragido CPA e preso em flagrante por roubo), Tiago Mendes da Silva (proveniente da delegacia de1.º de Maio), Rodrigo Gomes Ribeiro (tráfico), Anderson Maurício Nicolau (roubo) e Fernando Aparecido Batista Ferreira (roubo e tráfico de drogas).