Cerca de uma tonelada e meia de maconha foi apreendida no posto de pedágio em São Luiz do Purunã, Balsa Nova, na tarde de ontem, pela força-tarefa das polícias Federal e Militar. A droga estava escondida no meio de carga de carne em um caminhão-baú. Também foram apreendidas no veículo quatro pistolas. O motorista, de 33 anos, foi preso e confessou que receberia R$ 20 mil para transportar o entorpecente.

Segundo o capitão Alexandre, da PM, foi recebida denúncia que a carga passaria pelo local e as equipes se posicionaram para fazer a abordagem. Por volta das 14h30, o caminhão de empresa de alimentos foi parado. O motorista não resistiu à prisão e confessou que transportava a droga. Foram tirados de circulação 1,595 tonelada de maconha. Também foram apreendidas duas pistolas 9 milímetros e duas pistolas Glock 40. Ele vinha de Dourados (MS) e, segundo relatou à polícia, deixaria o entorpecente e as armas em um posto de combustíveis em Curitiba, que ainda seria definido. Dali seguiria viagem para Itajaí (SC) para deixar a carne.

Denúncia

“O motorista não falou de quem pegou a droga e para quem passaria”, afirmou o capitão. De acordo com Alexandre, a princípio não há envolvimento da empresa com o transporte das drogas. O caminhão ficará apreendido na sede da superintendência da PF, no Santa Cândida, e a carne deve seguir para o destino. O capitão destacou a importância de a população denunciar o transporte e a venda de drogas. A denúncia pode ser anônima pelos telefones 181 ou 190.