O flanelinha Allan Kardec Pinheiro de Abreu, de 40 anos, foi morto com sete tiros na tarde deste sábado (13), no momento em que voltava do trabalho. A ação dos bandidos aconteceu por volta das 16h30 na rua José Augusto de Carvalho, no bairro Tatuquara, em Curitiba.

Lá, vizinhos ouviram aproximadamente dez disparos de arma de fogo, avistaram o homem caído no meio da rua e acionaram a Polícia Militar (PM). O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi ao local, mas o estado da vítima era gravíssimo com um ferimento na cabeça e seis no peito.

De acordo com testemunhas, Alan era conhecido pelos moradores da região como “Nego A” e estaria envolvido em algumas brigas recentemente. No entanto, ainda não há informações a respeito do que poderia ter motivado o crime.

Segundo a Polícia Civil, o homem já tinha passagens pela polícia e havia fugido do sistema prisional. Ele deixa um filho de um ano e quatro meses e as investigações seguem com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).