A casa de uma professora de Direitos Humanos da Escola Superior da Polícia Civil, ficou parcialmente destruída por um incêndio, na noite de quinta-feira. A residência de 350 metros quadrados, situada na esquina da Avenida Affonso Penna e Rua Antônio Camilo, no Tarumã, teve o piso superior, com cerca de 90 metros quadrados, inteiro queimado. O telhado ruiu e por pouco não machucou bombeiros que faziam o rescaldo.

O fogo começou por volta das 20h45. Não havia pessoas na casa e suspeita-se que ocorreu curto circuito nas instalações elétricas. Segundo o tenente Ícaro Gabriel, do Corpo de Bombeiros, foram usados três caminhões de água e uma hora e meia de trabalho para debelar as chamas.

O fogo chegou a atingir o forro da casa vizinha, que pertence ao advogado Dálio Zippin, também presidente da Comissão Penitenciária da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Paraná. Lá, alguns caibros do telhado ficaram queimados e um cano d’água derreteu.

“Se os bombeiros tivessem demorado mais meio minuto, o estrago teria sido muito maior. Estou feliz que minha casa, recém reformada, não chegou a ser destruída. Mas sigo triste pelo patrimônio da dona da casa incendiada, que é minha vizinha há 40 anos”, comentou Zippin.