Um bebê foi ferido por estilhaços de vidro em Maringá, na tarde de terça-feira (10). A criança, de oito meses, estava no banco de trás do veículo, quando um guardador de carros, conhecido apenas como Daniel, atirou uma pedra. O Siate atendeu a ocorrência, no bairro Jardim Novo Horizonte.

Por volta de 18h30, a mãe do bebê, que conduzia o veículo, negou-se a dar esmola para Daniel que, revoltado, atacou. Pessoas que passavam pelo local impediram que ele fugisse e quase o lincharam. Preso pela Polícia Militar (PM), foi constatado que o rapaz já tinha outras passagens pela polícia e responde pelo apelido de “Galo Cego”.

Ele foi encaminhado à Delegacia, onde foi considerado insano e incapaz de se responsabilizar pelos próprios atos. Daniel foi encaminhado para a ala psiquiátrica do Hospital Municipal de Maringá.