Foto: Alberto Melnechuky

Bandidos mandaram apagar as luzes, antes dos tiros.

Mãe e filho foram vítimas de três homens armados que invadiram a casa 220 da Rua Modesto Picolli, no Atuba, às 20h45 de quinta-feira.

Rita de Cassia Porati, 50 anos, foi ferida com um tiro de raspão na barriga, Carlos Alexandre Porati, 27, levou um tiro na cabeça e morreu na hora. O trio fugiu a pé, levando apenas o celular de Alexandre.

Segundo informações dos familiares, o rapaz, sua esposa e um amigo conversavam em frente a residência quando três homens armados renderam o casal e mandaram que os dois entrassem.

Do amigo que estava com eles, não se teve notícia.

Na porta da cozinha, os bandidos mandaram Carlos e a mulher deitarem de bruços e, em seguida, renderam os pais de Alexandre, que jantavam na cozinha.

Depois de dominar os moradores, um dos homens ordenou que as luzes fossem apagadas, em seguida, acertaram um tiro na cabeça do rapaz e outro na barriga da mãe dele.

?Eu estava em casa jantando com meu marido quando ouvimos três tiros. Meu marido correu e logo voltou assustado, dizendo que o Alexandre estava morto? contou uma vizinha.

Rita foi socorrida pelos atendentes do Siate e encaminhada ao Hospital Cajuru.

Os familiares de Alexandre contaram que ele estava desempregado, não usava drogas e tampouco tinha rixa que motivasse o homicídio.

Ele era casado e não tinha filhos.