Um pescador encontrou um feto boiando no Rio Barigüi, na tarde de segunda-feira. Ele pescava no final da Rua Jaime Veiga, no Seminário, e por volta das 18h viu algo estranho sendo trazido pela correnteza. Percebendo tratar-se de um feto, puxou-o com a vara de pesca, retirou-o do rio e chamou a polícia.

Os investigadores Luiz Renato e Castro, da Delegacia de Homicídios, estiveram no local, mas nada conseguiram apurar sobre o fato. Um inquérito policial foi instaurado para descobrir quem é a mãe e se ela sofreu aborto espontâneo ou se foi provocado.