O feriado de Tiradentes e de Páscoa registrou 626 acidentes, com 23 mortes e 448 feridos, nas estradas que cortam o Estado. Os números são maiores que os registrados no ano passado, quando, com um dia a menos de folga, ocorreram 366 acidentes, que mataram 20 pessoas e feriram 269. Os dados são das polícias rodoviárias Federal (PRF) e Estadual (PRE).

Além do aumento no número de acidentes e de vítimas, o feriado registrou crescimento no número de autuações, tanto pela PRF quanto a PRE. Foram 6.938 em 2011, contra 4.045 no ano passado.

Nacional

Em âmbito nacional, o feriado prolongado de Semana Santa teve menos mortes e acidentes nas rodovias federais que o Carnaval, informou ontem a PRF. Foram registrados 3.861 acidentes e 175 mortes entre terça-feira passada até domingo.

Como o feriado deste ano incorporou o Dia de Tiradentes, a PRF usou o Carnaval, que também englobou seis dias. Na ocasião, foram registrados 4.165 acidentes e 213 mortes.

O Estado com o maior número de mortes durante a Semana Santa foi a Bahia (25), seguida por Minas Gerais (24), Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (14, cada). O ranking de acidentes foi liderado por Minas (515), seguido por Paraná (479), Santa Catarina (443), Rio Grande do Sul (421) e Rio de Janeiro (288).