O feriado prolongado deixou, pelo menos, 17 pessoas mortas e 145 feridas, em 258 acidentes nas estradas paranaenses. Esse número pode aumentar, pois a Polícia Rodoviária Federal deve divulgar, hoje, o balanço final. No ano passado, com um dia a menos de folga, foram 393 acidentes, que mataram 26 pessoas e deixaram feridas 273.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, das 18h de sexta-feira até as 18h de ontem, foram 157 acidentes, oito pessoas perderam a vida e 145 ficaram feridas.

Já nas rodovias fiscalizadas pela PRF, de sexta-feira até a meia-noite de segunda-feira, foram 101 acidentes com vítimas, das quais nove foram fatais. Em todo o país, pelo levantamento da PRF, 97 pessoas morreram e 1.487 ficaram feridas.

Volta

Segundo a PRF, o movimento ficou mais complicado na BR-376, no trecho entre Garuva e Curitiba, onde a média chegou a 3.200 veículos por hora. A concessionária Ecovia, que administra o trecho entre Curitiba e Paranaguá da rodovia BR-277, estima que cerca de 30 mil veículos tenham enfrentado a chuva para subir a serra ontem. De acordo com a empresa, o maior movimento foi registrado entre as 18h e às 19h, com picos de 2.800 carros por hora.