Edson Almeida, o “Fanho”, 36 anos, segundo a polícia com várias passagens por tráfico de drogas, foi assassinado a facadas e pedradas, por volta das 2h30 de ontem, no bairro Costeira, em Araucária. Um morador da Rua Carlos Vicente Zapxon ouviu gritos de socorro e chamou guardas municipais que passavam pela região. Eles encontraram Edson ainda com vida, no quintal de casa, onde funcionava ponto de venda de droga. Os guardas acionaram o Siate, mas os bombeiros não chegaram a tempo.

A casa estava incendiada, provavelmente por outro morador de rua, de apelido “Polaquinho”, que há pouco mais de um mês tentou matar “Fanho”.