Jovem morre ao volante do gol,
baleado por desconhecidos.

Misteriosos assassinos surpreenderam Sérgio Trigo da Costa, 23 anos, em pleno trânsito. Dentro do Gol que dirigia, o rapaz levou cinco tiros e morreu às 22h40 de domingo, na Rua Filipinas, Vila Centenário, Cajuru. Uma menor de idade que o acompanhava, com um bebê no colo, também levou um tiro e foi hospitalizada.

Através de moradores da região que testemunharam o crime, a Delegacia de Homicídios descobriu que uma motocicleta perseguia o Gol, vermelho, AHV-2590, dirigido por Sérgio. Os veículos se aproximaram e o garupa da moto atirou uma vez, atingindo o motorista. O carro ficou desgovernado, subiu na calçada e bateu no muro de uma residência na Rua Filipinas.

Mais tiros

Instantes depois outro veículo parou ao lado do Gol acidentado. Uma pessoa desceu e atirou várias vezes em Sérgio, que, atingido por cinco balaços no peito, costas e cabeça, morreu na hora. Uma bala acertou o braço da acompanhante da vítima, Maria Aparecida, cuja idade não foi revelada, mas segundo a DH seria menor. A garota, que foi internada no Hospital Cajuru, levava um bebê no colo, que escapou ileso.

Ainda não há pistas sobre os motivos do assassinato. “Vamos interrogar parentes das vítimas, a sobrevivente e outras testemunhas”, disse o superintendente Neimir Cristóvão, da DH. Uma pessoa ouvida pela equipe de investigação disse que o carro de onde saiu o assassino pode ser um Palio ou um importado Espero. A informação, de acordo com o superintendente, será melhor averiguada, já que há grande diferença entre os dois modelos de automóvel.