Marcos Matheus Machado de Assis, 23 anos, foi morto com vários tiros, no início da madrugada de ontem, em frente ao Bar do Quincas, na Rua Alegina Santos Pereira, Riacho Doce, em São José dos Pinhais. Ele procurava pela garota que namorava antes de ser preso. A polícia ainda investiga os motivos e autoria do crime.

Segundo o superintendente Miranda, da delegacia local, Marcos ficou preso no sistema penitenciário por pouco mais de três anos, por roubo. Na época em que foi detido pela polícia, namorava a filha do dono do bar. ?Ele foi procurar a moça, que já estava convivendo com outra pessoa?, explicou o policial. Marcos foi até o bar com a moto Titan placa AMF-0372, de seu irmão.

Logo depois que ele entrou no estabelecimento, um homem, em uma Parati verde, chegou, deu mais de dez tiros e fugiu com a moto de Marcos, abandonando a Parati. ?Um morador disse que viu o homem estacionando o carro, mas, como ele seguiu para o bar, não deu importância, só voltou para a janela depois de ouvir a série de disparos?, contou o superintendente.

Parati

Marcos morreu na hora. A Parati, que não tem queixa de furto, foi recolhida pela polícia e levada para a delegacia. ?Já ouvimos o proprietário que disse que vendeu o carro há bastante tempo mas não o transferiu. Depois dele várias outras pessoas foram donas do veículo. Vamos ouvir todas até chegar ao assassino?, completou.

A polícia já ouviu várias pessoas, inclusive o dono do bar, mas ainda não tem hipóteses para o crime. A ex-namorada de Marcos e seu atual namorado não foram localizados.