Depois de seis meses sem nenhum registro de homicídio na cidade de Rio Negro, a polícia local se surpreendeu com dois assassinatos ocorridos na madrugada de ontem. Luiz Carlos Fagundes, 25 anos, e Rodrigo Hackbart, 26, foram mortos por espancamento, em situações distintas, na zona rural do município.

Segundo o delegado Sivanei de Almeida Gomes, na madrugada de ontem Luiz Carlos foi assassinado, na localidade de Retiro Bonito, quando chegava na casa da namorada. O autor seria o ex-namorado da garota, que momentos antes de assassinar o rival foi até a casa dela, com uma garrafa de bebida alcoólica nas mãos, e a ameaçou de morte. "Provavelmente ele ficou escondido no mato, esperando a vítima chegar", contou o delegado, que está à procura do suspeito. O rapaz foi morto a garrafadas, que resultaram em vários ferimentos no rosto.

O segundo crime teria acontecido também durante a madrugada, mas o corpo só foi encontrado na manhã de domingo. Rodrigo, que é morador do município de Rio Negrinho, Santa Catarina, foi morto a pauladas na região de Lageado dos Vieiras, em Piên. Os autores seriam dois rapazes que foram vistos deixando um bar com a vítima, na cidade onde morava. Um deles foi identificado e conta com uma passagem por homicídio.