Foto: Átila Alberti/Tribuna
Libene estava bêbado.

Depois de atear fogo na casa de seu pai e irmãos, Libene Xavier de Paula, 24 anos, foi preso por oficiais do Corpo de Bombeiros e encaminhado à delegacia do Alto Maracanã. Ele teve o flagrante lavrado por incêndio criminoso, pelo delegado Hamilton Cordeiro da Paz, titular da DP.

De acordo com as informações apuradas pela polícia, Libene foi até a casa, na Rua Taborda dos Santos, 211, no Jardim Curitiba, em Colombo, visitar o pai e os irmãos, na noite de sábado. Antes da visita, porém, ele bebeu cachaça e cheirou tíner. Assim que chegou, discutiu com um dos irmãos. Em seguida, Libene deixou a moradia. Sem que nenhum de seus familiares percebesse, ele entrou na casa novamente, foi até o quarto e ateou fogo no colchão. As chamas se alastraram rapidamente e o Corpo de Bombeiros foi acionado. "Felizmente as pessoas que estavam na casa conseguiram sair e não houve feridos", comentou o delegado.

Completamente embriagado, Libene se dirigiu a um bar nas proximidades e começou a beber novamente. Um de seus irmãos descobriu que ele estava no estabelecimento e foi tirar satisfações. No momento da confusão, o Corpo de Bombeiros chegou e foi até o local, onde prendeu Libene em flagrante.