Dois rapazes, de aproximadamente 25 anos, suspeitos de assalto trocaram tiros e morreram em confronto com policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), na manhã desta sexta-feira (8). A ação aconteceu depois de uma perseguição na Rua Melânia Zeni Visinoni, no Campo de Santana.

Segundo o capitão Sergio, os policiais começaram a procurar pelos suspeitos depois que eles assaltaram uma casa no Vitória Régia, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Da residência os bandidos pegaram tudo que puderam e colocaram em um Prisma.

Armas apreendidas foram entregues à Polícia Civil.
Foto: Giuliano Gomes.

O carro levado foi visto pelos policiais na BR-116, quando começou a perseguição. Ao entrar no Campo de Santana, os suspeitos acabaram na Rua Melânia Zeni Visinoni e, num trecho que faz uma curva para a esquerda, na continuação da Rua Milton Muricy, não conseguiram segurar o carro.

O rapaz que dirigia o Prisma foi reto, o carro foi parar no meio de um matagal e os suspeitos desceram atirando. Os dois, armados de revólveres calibre 38, chegaram a receber atendimento do Siate, mas não resistiram.

Araucária

Ao local do confronto, os policiais trouxeram um Ônix batido. O carro foi roubado nesta quinta-feira (7), em Araucária, região metropolitana de Curitiba (RMC).

Na cidade da RMC, um trio de bandidos teria assaltado uma chácara. A polícia acredita que sejam os mesmos que, nesta sexta, foram perseguidos.

“A nossa intenção agora é encontrar o terceiro envolvido, porque ele conseguiu escapar, mas já temos algumas informações sobre quem possa ser”, disse o capitão. As duas armas e os dois carros foram apreendidos pela PM e tudo foi encaminhado ao 13º Distrito Policial.

Carro levado em outro assalto foi trazido para o local. Foto: Giuliano Gomes.