enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Dupla fuzila estudante na saída da escola

  • Por Carlos Simon
O repositor Leandro Veiga tombou
sem vida ao receber três tiros,
disparados por suposto rival.
Uma apostila carregada na mochila,
salvou seu irmão.

Um provável e violento gesto de ciúme tirou a vida do repositor Leandro Souza da Veiga, 24 anos. Na saída do colégio em que estudava, o rapaz foi surpreendido por dois homens e morto a tiros na Rua Engenheiro Costa Barros, Vila Oficinas, Cajuru, às 22h45 de quarta-feira. O autor, que desconfiava de um caso entre sua namorada e a vítima, quase matou também o irmão de Leandro, salvo por uma apostila.

O repositor e o irmão, Jeferson Souza da Veiga, moravam no bairro e voltavam a pé para casa, depois da aula, quando apareceram os homicidas. O homem que estava armado atirou três vezes em Leandro, acertando-o na cabeça, no peito e no pé, matando-o na hora. Outro tiro, endereçado às costas de Jeferson, ficou cravado na apostila que ele carregava na mochila e não o atingiu.

Ex-aluno

O acusado dos disparos é um ex-aluno do mesmo colégio. “Ele desconfiava que a namorada tinha um caso com Leandro”, falou o superintendente Neimir Cristóvão, da Delegacia de Homicídios. O suposto romance, porém, não existia segundo Jeferson – a vítima era casada e tinha uma filha pequena.

Até a manhã de ontem, a DH não dispunha dos nomes do acusado e da namorada, pivô do crime. “Mas não será difícil descobrir”, falou o superintendente. Assim que o suspeito e seu comparsa forem identificados, a polícia deve pedir prisão preventiva de ambos à Justiça.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas