João foi atingido na boca e nas costas.

O fim da tarde de sábado foi manchado de sangue na Invasão Icaraí, Uberaba. Dois homens foram executados na esquina das ruas Nossa Senhora Aparecida e Formosa, às 18h40, e os autores fugiram a pé, sem ser incomodados. O que motivou o duplo homicídio ainda é mistério para a polícia.

De acordo com informações repassadas por alguns moradores à Polícia Militar, cinco homens -entre eles as duas vítimas – caminhavam juntos desde a linha férrea e, quando chegaram na esquina, pararam. Nenhuma discussão ou briga foi presenciada, entretanto, três homens sacaram suas armas e começaram a atirar contra os outros dois companheiros.

Mortos

Foram ouvidos cerca de dez disparos. João Francisco Andreatta Garcia, 40 anos, também conhecido por “João Cavalo”, recebeu um tiro na boca e outros dois nas costas, morrendo na hora. Já o seu colega, Paulo Walachy Mateus, 24, foi executado com dois tiros na cabeça.

As testemunhas afirmaram que, devido à pouca luz no local onde aconteceram os tiros, não foi possível repassar características dos matadores. A ocorrência foi atendida pelos soldados Cavaleiro e Camargo, do Regimento da Polícia Montada (RPMont), e investigadores da Delegacia de Homicídios.

A mãe de Paulo, bastante desolada, não soube informar o que poderia ter ocasionado a morte de seu filho. Segundo ela, ele aparentemente não tinha rixa com ninguém e era um rapaz trabalhador. Paulo trabalhava à noite como copeiro. Sobre “João Cavalo”, não foram obtidas outras informações. Ele teria antecedentes criminais.