Setenta e cinco quilos de maconha foram apreendidos, na manhã de terça-feira, numa residência na Vila Sabará, Cidade Industrial. Pablo Alves Fernandes, 20 anos, e Devanil Aparecido de Oliveira, 29, apontados como os donos da droga foram presos por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) e apresentados à imprensa na manhã de ontem. A maconha foi avaliada em mais de R$ 20 mil.

O delegado Vinícius Borges Martins contou que os policiais estavam na CIC atrás de um assaltante de lotérica, quando se depararam com estranha movimentação em frente a uma casa na Vila Sabará. “Eles perceberam que um motoqueiro ia várias vezes de uma casa até a outra, fazendo “correria'”, explicou Vinícius.

Paraguai

Os investigadores abordaram Pablo. Na casa dele, foram encontrados oito pneus, que o rapaz disse ter comprado do Paraguai por R$ 1.600. A polícia descobriu o endereço de Devanil, a poucas quadras da casa de Pablo. Os tabletes da droga, segundo o delegado, estavam num cômodo trancado, usado apenas para estocar a maconha.

Devanil foi preso e alegou que a droga não era dele. Agora ele terá que explicar a procedência da maconha, que provavelmente também tem origem paraguaia, como acredita o delegado. Os dois foram autuados por receptação e tráfico de drogas. Devanil já tinha passagem por porte ilegal de arma.