Uma residência no Juvevê, bairro nobre de Curitiba, foi assaltada por dois indivíduos na tarde de ontem, assustando moradores e comerciantes da região. Por volta das 15h20, os marginais entraram na casa, pulando o muro, e renderam a empregada doméstica.

O alarme de pânico foi acionado e os bandidos fugiram com relógios, perfumes e aparelhos eletrônicos. Apesar do cerco realizado pela polícia nas imediações da casa, nenhum suspeito foi preso.

De acordo com testemunhas, os assaltantes chegaram numa moto preta e estacionaram o veículo na Rua Cambará. Caminharam alguns metros até a Rua Barão do Guaraúna, onde pularam um muro e entraram no terreno da casa.

Quando a empregada percebeu, a dupla já estava na garagem. A mulher foi rendida e mantida sob a mira da arma por quase meia hora. Num momento de distração dos marginais, ela conseguiu ativar o botão de pânico, que acionou a empresa de segurança responsável pela residência.

Quando os vigilantes chegaram, os assaltantes desistiram de procurar por dinheiro e fugiram pelos fundos, levando o que puderam carregar. Segundo os soldados Aleixo e Medeiros, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, eles roubaram três relógios, uma máquina fotográfica digital, um aparelho de som, perfumes e celulares. A dupla tentou fugir na motocicleta em que chegou, porém não conseguiu dar partida e saiu correndo.

Em poucos minutos, a região foi ocupada por diversas viaturas da Companhia de Choque, mas os criminosos não foram encontrados. A motocicleta, que estava sem placa e tinha alerta de roubo, foi apreendida. No veículo, havia dois capacetes, um azul e um verde.