A dona de um pet shop foi encontrada morta, no início da manhã de sábado, em Paranaguá. O corpo de Nilza Jorge Zella, 60 anos, estava na garagem da casa onde ela morava, anexa ao seu pet shop, na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, Jardim Paranaguá. Segundo a polícia, ela foi morta a facadas e morreu ao lado do automóvel. O principal suspeito do crime é o namorado dela, de 39 anos, que desapareceu.

Segundo informações da Polícia Civil, a empresária teria terminado o relacionamento ao descobrir que seu namorado é usuário de drogas. Inconformado com a separação, o homem passou a fazer ameaças de morte a Nilza. Com medo, a empresária registrou boletim de ocorrência na delegacia.

O corpo da empresária foi encontrado porque o alarme da casa disparou. Em poucos minutos, vigilantes da empresa de monitoramento foram até o endereço e encontraram a porta da residência arrombada. Na casa, a polícia encontrou documentos do namorado caídos no chão, o que reforça suspeita contra ele. O corpo de Nilza foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal de Paranaguá.