Os corpos de um homem e de uma mulher foram encontrados ontem à tarde, em situações distintas. Por volta das 16h30, moradores do Cajuru que pescavam nas cavas ao lado do Parque dos Peladeiros, Jardim Acrópole, viram a mulher na água. Guardas municipais, com o auxílio de um bote, puxaram o corpo da desconhecida até a margem.

A vítima não tinha ferimentos mas estava calçada com chinelos de dedo. “Se fosse afogamento, ela teria se debatido e perdido os calçados”, comentou um dos guardas municipais. Por conta disso, acredita-se que a mulher tenha sido assassinada e jogada na água.

A vítima aparentava entre 35 a 40 anos, tinha pele branca, e cabelos pretos, não muito compridos. Usava calça de lã preta, blusa de lã bordô e chinelos brancos com tiras azuis.

Rio

O outro corpo foi encontrado quase embaixo da ponte da Estrada das Olarias, no Jardim Jalisco, em Colombo, no mesmo horário. O corpo estava preso por galhos e teve que ser resgatado pelos bombeiros.

A perícia constatou que o cadáver estaria no rio há cerca de dois dias. A vítima não tinha sinais de morte violenta. Trata-se de um homem de cerca de 40 anos, moreno, alto, vestindo calça jeans clara, camiseta e sapatos pretos.