Wilson Miranda, 54 anos, foi assassinado a tiros pelo próprio genro e sobrinho, na tarde de ontem, no Jardim Santa Maria, em Almirante Tamandaré. O crime aconteceu na Rua Rio Pacotuba, num churrasco na casa do autor do crime, Paulo Picolo Miranda, 30 anos, o “Paulinho”, que fugiu levando a arma do crime, um revólver calibre 38.

Segundo conhecidos da vítima, como de costume, Wilson foi visitar a filha na tarde de ontem. “Os dois estavam bebendo, mas nada exagerado”, contou o homem, que não quis se identificar.

Por volta de 14h20, Paulo teria se desentendido com a mulher e ameaçou bater nela na frente de Wilson. Os dois começaram a discutir. Paulo se armou e atirou no joelho e na cabeça de Wilson, que morreu no quarto onde aconteceu o bate-boca.

Moradores da região comentaram que Paulo era foragido e estava bastante revoltado com a morte do irmão, Luciano Picolo Miranda, 28, no último dia 20, em Campo Largo.