Celso Roberto, acusado
de assassinatos.

O autor da morte de Josemir Elizeu Lacour, 27 anos, crime ocorrido no último dia 14 de maio, no bairro Vargem Grande, foi preso por investigadores da delegacia de Pinhais. Trata-se de Celso Roberto de Oliveira, 26, que já respondia por outro homicídio ocorrido naquele município, no ano passado. De acordo com o detido, os dois crimes foram motivados por desavenças pessoais.

Josemir foi baleado nas proximidades de um bar e levado até o Hospital Cajuru, onde morreu. Segundo Celso, ele havia sido ameaçado anteriormente por Josemir e todas as vezes que os dois se encontravam um clima de rivalidade era criado. Isso tudo em conseqüência do primeiro assassinato, cometido pelo detido em 2003, e que resultou na morte de Maicon Gutierrez, o “Tiririca”.

Depois do assassinato de Maicon, seu amigo Josemir começou a tentar intimidar Celso. Com medo de ser morto também, Celso resolveu cometer seu segundo homicídio.

Prisão

Diligências feitas pelos investigadores Urubatan e Juarez localizaram o suspeito, que foi preso na semana passada e apresentado ontem à tarde à imprensa. Além do matador, a polícia apreendeu um menor apontado como o dono do revólver utilizado na morte de Josemir. “Celso emprestou a arma do menor para cometer o assassinato e depois a devolveu”, explicou o delegado Gerson Machado. O adolescente, por sua vez, vendeu a arma para um morador do Jardim Holandês por R$ 300,00. O revólver foi localizado pelos investigadores e está apreendido na delegacia.