enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Lixão de crack

Denúncia termina em prisão de homem que vendia crack

Juliano França, conhecido como “Perninha”, ainda escondia 278 pedras

  • Por Márcio Barros, O Estado Do Paraná

Denúncias anônimas levaram investigadores do 13.º Distrito Policial até um beco da favela Dom Bosco, Tatuquara, onde prenderam Juliano Ferreira França, 36 anos, conhecido como “Perninha”. Ele foi flagrado vendendo pedras de crack para um adolescente, e em seguida, a polícia localizou mais 278 pedras, escondidas em um lixão. O rapaz foi encaminhado para a delegacia e autuado por tráfico de drogas.

Segundo o superintendente Gerson Camargo, “Perninha” havia sido denunciado anonimamente. “Ficamos observando a movimentação. Em determinado momento, vimos um adolescente negociando com o suspeito. Quando fomos abordá-lo,ele jogou um pacote com seis pedras de crack e fugiu, pulando muros da favela”.

Mais

Os policiais conseguiram deter “Perninha” e encontraram com ele 20 pedras da mesma droga e R$ 63,00 em notas trocadas. “Ele confessou que havia mais drogas escondidas em um lixão. Encontramos um embrulho com mais 258 pedras”, completou o policial.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas