Três assaltantes mantiveram dez pessoas como reféns na tarde desta quarta-feira (23), no bairro Juvevê, em Curitiba. Segundo relatos de testemunhas, eles tentaram assaltar um posto de combustíveis nas proximidades, mas foram surpreendidos pela Polícia Militar, que chegou rapidamente ao local.

Sem saber o que fazer, se refugiaram em uma loja de brinquedos, por volta de 12h. Lá eles mantiveram os reféns expostos na vitrine enquanto negociavam com a polícia. Às 14h30, libertaram dois jardineiros e uma empregada da loja. As negociações avançaram e os criminosos pediram a presença de um advogado.

Às 15h, todos os reféns foram liberados e os assaltantes se entregaram. A última vítima foi acusada de ser um dos assaltantes, mas a confusão foi logo desfeita. Um dos criminosos conseguiu escapar do local disfarçado de jardineiro, os outros dois criminosos foram encaminhados para a Delegacia de Furtos e Roubos

Mais informações na edição desta quinta-feira dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná.