Moradores do Jardim Roma, em Almirante Tamandaré, na região de Curitiba, presenciaram uma tragédia na manhã deste sábado (25). O pedreiro Anderson Fernandes, de 34 anos, dirigia pela Rua Presidente Tancredo Neves na companhia do filho de 2 anos, por volta das 10h, quando foi abordado por dois rapazes a pé e alvejado por arma de fogo diversas vezes. Um dos tiros o atingiu na cabeça, matando-o na hora. Outro disparo atingiu a criança acima do ouvido. Ela foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Evangélico, na capital.

O padeiro Juliano Muziol, 34, vizinho das vítimas, conta que ouviu os disparos. “Minha casa é do lado da deles, na Rua das Cerejeiras. Ouvi os tiros e corri para cá para não deixar o pai dele ver a cena, porque ele é idoso e usa marca-passo. Parece ter sido acerto de contas, porque atiraram na cabeça. O tiro que pegou no piazinho deve ter sido acidente. Ele tinha acabado de sair de casa, onde deixou a enteada, e depois saiu com o filho de novo”, diz. Segundo Juliano, um garoto chegou a ver os dois jovens que efetuaram os disparos fugindo a pé.

O carro da vítima, um corsa sedan preto, ficou atravessado na via. Um policial da Delegacia de Almirante Tamandaré afirmou que ainda não há informações sobre motivação do crime. Familiares das vítimas aguardavam a chegada do Instituto Médico Legal (IML) no local do crime bastante abalados.