Átila Alberti
Sueli, presa em flagrante.

Quando vendia crack em frente de casa, na Rua das Carmelitas, 3779, no Boqueirão, a diarista Sueli Maria de Oliveira, 36 anos, foi presa por policiais da Delegacia Antitóxicos. Com ela, foram encontradas 20 pedras de crack.

O superintendente Nelson Bastos informou que denúncias anônimas informaram que uma mulher estava comercializando drogas no local e costumava ficar em frente a moradia, aguardando os "clientes". "Fomos confirmar a denúncia e após observação constatamos que era verdadeira. Então efetuamos a prisão", disse o policial.

Sueli contou que trabalha como diarista três vezes por semana e para sustentar os filhos e o próprio vício, começou a comercializar. "Sou viciada há quatro anos, mas comecei a vender há quatro meses", admitiu a mulher.