O corpo do andarilho Sidnei Pereira de Cristo, 41 anos, ficou quase dez horas esperando ser recolhido. Ele foi encontrado por volta das 7h de ontem, embaixo do toldo de uma loja de películas automotivas, na Rua Rocha Pombo, no Jardim Cruzeiro, em São José dos Pinhais.

O Instituto Médico-Legal foi ao local, mas não recolheu o cadáver, pois não havia indícios de morte violenta. O órgão alegou que, neste caso, o município deve providenciar o recolhimento do corpo.

O soldado Jaleski, da PM, disse que geralmente a prefeitura é avisada pelos familiares, no entanto, como o homem era morador de rua, ninguém se importou. “Quando descobrimos que o IML não ia recolher o corpo, avisamos a prefeitura, mas duas funcionárias chegaram no local às 16h”. Meia hora mais tarde socorristas recolheram o corpo, em uma ambulância, ao necrotério do hospital municipal.