O confronto entre policiais militares da Rondas de Natureza Especial (Rone) e assaltantes de veículos, terminou com dois mortos, às 23h de quarta-feira, no Campo Comprido. Alex Fernando Queirós, 19 anos, e outro rapaz, aparentando a mesma idade, foram socorridos pelos próprios policiais, mas chegaram sem vida ao Hospital do Trabalhador. A dupla portava uma pistola 9 milímetros e um revólver calibre 38. Além das armas, os policiais apreenderam várias notas fiscais de autopeças.

O tenente Onaiski, da Rone, contou que, no início da noite, dois rapazes tomaram em assalto um Zafira. A vítima chamou a PM pelo 190. Os bandidos fugiram para Campo Largo, onde abasteceram o carro em um posto de combustível, e retornaram para Curitiba. Quando trafegavam pela Avenida Eduardo Sprada, cruzaram com uma viatura da Companhia de Choque, da Rone.

Perseguição

Houve perseguição. Na tentativa de escapar, a dupla seguiu em direção da Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira e foi acompanhada pelos policiais. Quando chegavam próximo ao cruzamento com a BR-277, o Zafira colidiu contra um Astra. Após o acidente, os suspeitos continuaram a fuga a pé e se embrenharam no matagal. Um deles foi localizado e, segundo a PM, reagiu à prisão. No revide, foi baleado. Pouco depois, o outro rapaz foi encontrado e a situação se repetiu, conforme relatado pelo tenente.