O comerciante José Lipiski Neto, 44 anos, foi assassinado com pelo menos três tiros, às 11h55 de ontem, dentro da sua bicicletaria, Cicles Zé. Dois homens em uma moto chegaram ao local, efetuaram os disparos e fugiram.

Ninguém deu detalhes dos assassinos. O estabelecimento fica na esquina da Rua João Sarot com a Heitor Ferreira, Vila Pompeia, Tatuquara. Segundo os soldados Gledson e Saad, do 13.º Batalhão da Polícia Militar, a principal informação era que o comerciante poderia ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), no entanto, nada havia sido levado pelos matadores.

“Ele foi ferido com tiros na barriga, no peito e no ombro. A Delegacia de Homicídios vai descobrir se ele foi morto em tentativa de assalto ou se foi executado”, explicou Gledson.

Denúncias

Ainda de acordo com os policiais, foram recebidas denúncias no telefone 181 informando que a bicicletaria era ponto de tráfico de drogas. Ao lado da empresa funciona uma lan house e enquanto a polícia fazia seu trabalho, os usuários continuaram suas atividades, como se nada tivesse acontecido. Investigadores da DH estiveram no local e ouviram comerciantes vizinhos.