Foto: Átila Alberti/Tribuna

Acusados: Suzane, Noeli, Luciene, Rafael, Sidnei e Leonardo.

Sistema de segurança instaladas na Rua XV de Novembro colaboraram para que a Polícia Militar prendesse uma quadrilha de punguistas, que agia no centro da cidade. Suzane Aparecida de Lara, 21 anos; Noeli Aparecida Alves, 32; Luciene dos Santos, 32; Rafael Diego Silva, 19; Sidnei Pereira da Silva, 43; e Leonardo dos Santos, 19, foram presos por PMs do 12.º Batalhão e encaminhados ao 1.º Distrito Policial (centro), onde foram autuados em flagrante por roubo. Com o grupo, foram apreendidos R$ 200,00 e celulares.

O soldado Lavandoski, que participou da operação, informou que, por volta das 14h30, foram dados vários alertas no rádiocomunicador da PM, informando que pessoas haviam sido vítimas da Turma do Empurra. "Foram cerca de quatro denúncias seguidas de que um grupo roubava pessoas", comentou Lavandoski. Para cometer o crime, era aplicado o golpe do "cavalo louco", em que vários indivíduos se aglomeram e empurram um transeunte. Um dos criminosos apanha os pertences da vítima e repassa para um comparsa, nas proximidades. Depois, o bando se separa.

Lavandoski disse que, como tinham várias ocorrências ao mesmo tempo, os policiais pediram apoio à Central de Câmeras, que localizou os bandidos no cruzamento da Rua XV de Novembro com a Rua Marechal Floriano Peixoto. "Eram mais pessoas, mas conseguimos prender somente seis. Os presos foram reconhecidos por transeuntes como sendo os criminosos que agem na região central", completou.