A descoberta de mais um cassino releva que o centro de Curitiba está infestado de casas de jogos clandestinos. Desde o início do ano, pelo menos três foram fechadas pela polícia. Duas delas funcionavam em prédios comerciais.

Na tarde de terça-feira, a polícia descobriu a jogatina rolando solta numa sala, nos fundos de uma lotérica, na Rua Marechal Deodoro. Um casal, de 25 e 34 anos, responsável pelo cassino, foi encaminhado à delegacia e liberado após assinar termo circunstanciado. Seis máquinas caça-níqueis foram apreendidas. Outros dois cassinos, que funcionavam em salas comerciais, no centro, foram fechados recentemente. No final de fevereiro, oito caça-níqueis foram apreendidos no 8º andar de um edifício, na Alameda Doutor Carlos de Carvalho. Em janeiro, a PM fechou um cassino, no 12º andar de um prédio, também na Rua Marechal Deodoro. No local, havia 20 máquinas.