Os corpos do casal encontrado em um carreiro na Estrada da Taquarova, Colônia Rio Verde, em Araucária, na manhã de terça-feira, já foram identificados. Karina França Marçal, 19 anos, e seu primo, Cláudio de Oliveira, 16 anos, moravam no Capão Raso e, segundo familiares, foram mortos por dever dinheiro para traficantes.

O pai de Karina, Carlito Marçal, compareceu à delegacia de Araucária para retirar a guia de necropsia e disse ao superintendente Ninrod Valente que sua filha era usuária de drogas há mais de cinco anos e estava desaparecida desde o meio-dia de sábado.