Uma jovem de 19 anos e o filho dela, de apenas 1 mês, morreram depois de serem atropelados por um carro desgovernado na tarde desta sexta-feira (27), na Rua Nilza Gelinsky de Faria, bairro Planta Deodoro, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo o soldado Alexandro, da Polícia Militar de Piraquara, o condutor do veículo, de 19 anos, confessou que havia ingerido bebida alcoólica e dirigia em alta velocidade quando aconteceu o acidente, por volta das 14h30. No carro – um Fusca branco – ainda estava um passageiro, de 18 anos. A mulher e o bebê morreram na hora.

O motorista alegou que os freios do carro pararam de funcionar e com isso perdeu o controle do veículo. Entretanto, testemunhas afirmaram à polícia que o condutor dirigia perigosamente a mais de 100 quilômetros por hora.

O motorista e o passageiro ainda tentaram fugir depois do atropelamento, mas foram detidos por uma viatura da PM e por populares. Ainda hoje, os dois vão passar por exame de bafômetro para comprovar a ingestão de bebida alcoólica e depois serão encaminhados à Delegacia de Piraquara.

Mais informações na edição deste sábado dos jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná.