Dois homens surpreenderam Antônio Carlos Lauer no portão de sua casa, na Rua Paulo Zinher, Jardim da Ordem, Tatuquara. Houve breve discussão e em seguida o carregador de 26 anos levou um tiro na cabeça, à queima-roupa, às 14h de quinta-feira. Ele foi internado em estado grave no Hospital do Trabalhador.

Parentes da vítima, ouvidos pela Delegacia de Homicídios, contaram que os autores também trabalham como carregadores da Ceasa e eram conhecidos da vítima. A dupla chegou num Passat cinza e reclamava da posse de uma centrífuga que estaria com Antônio. Ambos fugiram depois do atentado. Testemunhas ficaram de informar à polícia os nomes dos suspeitos.