Walter Alves
Motorista foi pro hospital, passageiro morreu no local.

Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido após a queda de um caminhão, no quilômetro 670 da BR-376, em Guaratuba. Gerson dos Santos, 46 anos, passageiro do veículo, morreu no local; o motorista Alexandre César Raimundo, 30, foi socorrido e internado em estado grave no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. O acidente aconteceu por volta das 7h45 de ontem.

 De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o caminhão placa APZ-3012, de Londrina, perdeu o freio na curva e raspou o muro de proteção da pista, por cerca de 100 metros, até cair numa ribanceira e capotar algumas vezes. A velocidade em que o caminhão se encontrava no momento do acidente não pôde ser verificada porque, segundo um policial, a cabine onde estava o tacógrafo foi esmagada.

A polícia ainda informou que o local, cerca de um quilômetro antes da Curva da Santa, é bastante perigoso e vários acidentes fatais já teriam acontecido na curva onde tombou o caminhão. Cinco horas depois do acidente, uma das três faixas da pista ainda estava interditada para facilitar o trabalho do guincho. Antes disso, a faixa havia sido bloqueada para limpeza do local. Porém, segundo a polícia, o tráfego não foi afetado.

BR-277

Sete mortos e sete feridos. Esse foi o saldo final do trágico acidente envolvendo sete veículos na manhã do último sábado, no quilômetro 39 da BR-277. A Polícia Rodoviária Federal divulgou, domingo, os nomes das vítimas do incêndio causado pela colisão de três caminhões e quatro automóveis. Além de Maria Lúcia de Souza Mileke, 65 anos, Juliana de Souza Mileke, 27 anos, e Nelson Machado do Nascimento, 13 anos, avó, filha e neto que eram passageiros de uma caminhonete Hilux e morreram carbonizados após o veículo pegar fogo, foram retirados dos destroços os corpos dos ocupantes de um Corsa, que ficou embaixo do caminhão que, ao perder o freio, causou o acidente. No Corsa, estavam Nair Alves Pereira Beleti, 58 anos, Carina Pereira Beleti, 20 anos, Marcos Pereira Beletti, 27 anos e Gabriela Beleti Bueno, 3 anos, todos vítimas fatais da tragédia. O motorista do Claudimir Dahmer, 40 anos, foi encaminhado com ferimentos graves ao Hospital Cajuru, mas está se recuperando. outras seis pessoas tiveram ferimentos leves.