Confusão que matou Fábio Augusto
aconteceu na saída de uma festa.

Confusão depois de uma festinha, terminou com a morte de Fábio Augusto dos Santos, 19 anos, assassinado com duas facadas nas costas, no início da madrugada ontem, na Rua Dom Orione, esquina com a Rua Professor Brasílio Ovídio da Costa, na Santa Quitéria. Acusados de ter participado do crime, Dartagnan Moraes Castilho, 24 anos, e seu irmão Wagner, 25, foram encaminhados pela Polícia Militar ao 8.º Distrito Policial (Portão).

A PM já havia sido chamada para o endereço da festa por causa do volume alto do som e orientou a proprietária da casa a pedir que os convidados fossem embora. Na terceira vez, o acionamento já era para uma briga no local. Quando os policiais chegaram, a duas quadras daquela residência, encontraram o corpo de Fábio e detiveram os acusados, que não tentaram fugir. Segundo informações dos policiais que atenderam à ocorrência, pode ser uma rixa antiga ou crime premeditado.

Versão

Em entrevista a uma rádio, Dartagnan afirmou que a morte de Fábio foi um acidente. Ele contou que cerca de 20 pessoas o atacaram e houve uma briga generalizada. “Eu peguei uma faca caída no chão”, disse. Já seu irmão, não teria nada a ver com o crime e só o acompanhava na festa. Os dois irmãos foram autuados em flagrante por homicídio e permanecem detidos no 8.º Distrito Policial.