Um morador da Vila Nova I, em Ponta Grossa, tomou grande susto na manhã de anteontem, ao encontrar um bebê morto, dentro da casinha de seus cães. A criança tinha partes do corpo dilaceradas pelos animais. O bebê era do sexo feminino, aparentando cerca de uma semana de vida e pesando 2,8 quilos, e até ontem não havia pistas de quem seria a mãe.

De acordo com o investigador Marco Lustosa, da 13.ª Subdivisão de Polícia Civil, o dono da casa foi olhar a ninhada de sua cadela vira-latas e notou o corpo, entre os filhotes. Marco acredita que alguém tenha colocado a criança, já morta, dentro do terreno da casa e a cadela a arrastou para junto de seus filhotes.

A criança teria morrido cerca de 24 horas antes, e as causas dependem de exames.