Depois de beber vários copos de cerveja e doses de conhaque, o técnico em informática Luciano Gorski, 32 anos, ficou transtornado, agrediu a esposa e a própria mãe. Os atos de violência aconteceram na noite de quarta-feira, em Araucária. A mãe de Luciano, de 65 anos, teve os dois braços quebrados e a esposa foi arrastada pelos cabelos.

O técnico foi preso em flagrante por lesões corporais graves e alegou não lembrar do que fez, afirmando que só teve conhecimento dos fatos pelas pessoas que presenciaram as agressões. Segundo ele, a confusão começou quando chegou em casa e, por motivos banais, passou a discutir com a esposa. Nervoso, foi até a lanchonete da irmã, no Bacacheri, e começou a beber. Naquela noite, ele trocou a dose de uísque, que é acostumado a apreciar, por várias de conhaque, já que sua bebida preferida estava em falta. Depois das rodadas do destilado, Luciano foi levado por parentes para casa.

Quando chegou em casa, na Rua João Petenusso, Jardim Ouro Verde, ele começou a discutir com a esposa, bateu nela e a arrastou pelos cabelos até o meio da rua. Ao tentar deter o filho, a mãe do técnico, que mora na casa em frente à dele, foi arremessada contra o muro e quebrou os dois braços. Com fratura exposta, ela foi levada ao hospital da Polícia Militar, onde permanece internada.