As ameaças de morte contra Rodrigo José Padilha Rosa, 25 anos, se concretizaram na tarde de ontem. Pouco depois das 15h30, ele foi assassinado a tiros quando andava pela Rua Baldur Magnus Grubba, no Uberlândia, loteamento Novo Mundo. Chegou a ser socorrido pelo Siate, mas morreu ao chegar no Hospital do Trabalhador. Um amigo dele, que também vinha sendo ameaçado, foi morto há uma semana, em Fazenda Rio Grande.

Segundo a polícia, Rodrigo havia saído de um churrasco em casa, na tarde de ontem, para buscar mais cerveja, quando o assassino, encontrou e disparou os tiros. Há informações que ele e o amigo, Amarildo Alves da Cruz, vinham sendo ameaçados por um bandido morador da região. Não se sabe o motivo das ameaças.

Outro

Amarildo foi morto na madrugada do domingo passado, no bairro Gralha Azul, em Fazenda Rio Grande. Três homens armados teriam invadido a casa onde ele vivia com a mulher, de 17 anos, grávida de oito meses. Atiraram em Amarildo e deram uma coronhada na jovem. Amarildo havia sido preso meses atrás, suspeito de envolvimento no assassinato de João Edenilson Ibairre, ocorrido em janeiro, em Fazenda Rio Grande. A Delegacia de Homicídios deverá verificar se os fatos têm ligação.