Wilson Dave da Silva, 38 anos, morreu na madrugada de ontem, no Hospital do Trabalhador, onde estava internado há pouco mais de duas semanas. A vítima foi baleada na madrugada de 8 de maio durante uma briga. Familiares de Wilson estiveram na Delegacia de Homicídios para prestar informações.

De acordo com os parentes, Wilson teria tido uma pequena discussão com a sua segunda esposa, na casa onde residia, no Conjunto Piratini, Pinheirinho. Entretanto, o concunhado "tomou" as dores para si e teve início uma briga. Na seqüência ocorreram os disparos. Wilson foi atingido por três tiros, no rosto e peito, e foi encaminhado em estado grave para o hospital.

Dezesseis dias depois, ele não resistiu e morreu. A Delegacia de Homicídios investiga o caso e tenta identificar o suspeito pelo crime. Wilson era pai de quatro filhos.

Executados

Estão identificados os dois jovens assassinados na Vila Barigüi, CIC, no último domingo. Ontem, familiares identificaram, no IML, Wilson Correia Lopes, 20 anos. O outro rapaz (Alexandre Geschonke, 18) havia sido reconhecido na segunda-feira. Com a identificação das vítimas a Delegacia de Homicídios deve intensificar as investigações para descobrir o que motivou a dupla execução.