Durante sua corrida matinal à margem da BR-376, um sargento da Polícia Militar localizou um corpo caído no quilômetro 108 da rodovia. A vítima identificada como Diomar Fernandes de Almeida, 36 anos, recebeu quatro disparos de arma de fogo, um deles na cabeça. A polícia acredita que o crime ocorreu durante a madrugada de sábado.

Poucas informações foram obtidas. De acordo com o cabo Araújo do 17.º Batalhão da PM, que deu atendimento a ocorrência, o cadáver foi desovado no local, jogado ribanceira abaixo ao lado da rodovia. No acostamento da pista havia marcas de sangue. Não foram detectados sinais de luta e não foram encontradas testemunhas que pudessem relatar o que aconteceu. A vítima carregava no bolso da calça a carteira de identidade, o que possibilitou o reconhecimento.

Pelo registro da PM, Diomar contava com antecedentes criminais por receptação e porte ilegal de arma. O caso vai ser investigado pela delegacia de São José dos Pinhais. Informações repassadas por familiares sobre a vida levada por Diomar deverão dar rumo as diligências da polícia.