Policiais da Delegacia de Homicídios prenderam, na segunda-feira (25), um homem suspeito de ter cometido dois homicídios no bairro Cajuru, no mês de agosto. Orlei Gonçalves, 30 anos, foi preso quando chegava em casa, no mesmo bairro, durante cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva. “Quando ele chegou, de carro, conseguimos cumprir o mandado de prisão”, diz a delegada Camila Chies Cecconello, que conduz as investigações.

Durante as buscas os policiais encontraram, no carro de Gonçalves, um revólver calibre 38. Na residência foram encontrados outro revólver calibre 38 e munições para as armas. “Com isso o suspeito foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e munições”, diz a delegada.

Segundo as investigações da polícia, Orlei Gonçalves teria matado Estevão Pontes, 32 anos e o tio deste, Pedro Garcia, 47, em um bar no Cajuru, no dia 08 de agosto deste ano. Pontes e o tio jogavam sinuca no momento em que Gonçalves entrou no bar. “Ele efetuou disparos contra Pontes e, depois, contra Garcia, na frente de diversas testemunhas que estavam no local”, conta a delegada.

O motivo do crime, de acordo com a delegada Camila Cecconello, seria uma rixa entre Gonçalves e Pontes, que terminou com o homicídio. “O tio de Pontes, Pedro Garcia, tentou fugir no momento dos disparos, mas foi atingido pelas costas e morreu em frente ao bar, mesmo sem ter envolvimento na rixa dos dois”. Orlei Gonçalves tem passagens pela polícia por formação de quadrilha e está recolhido no Centro de Triagem II, à disposição da Justiça.