Uma artimanha bastante utilizada pelos matadores funcionou mais uma vez e fez outra vítima fatal, na noite desta terça-feira. Três indivíduos chamaram o pedreiro André dos Santos, 23 anos, pelo nome e, assim que ele apareceu no portão de sua casa, foi baleado e morto. Desta vez, a execução aconteceu na Rua João Golemba, no Orleans.

André não morava na residência, mas a algumas quadras dali. A casa, onde ele estava reunido com outras pessoas, pertence a um amigo da vítima.