Foto: Fábio Alexandre

Sandro teria sido cercado por seis pessoas.

Quando voltava pra casa com os seus dois filhos, de 3 e 5 anos, por volta de 20h10 de quarta-feira, o desempregado Sandro Antônio Rosa, 27 anos, foi morto com quatro tiros de pistola calibre 380. O crime aconteceu na Rua Wilson Lautério, Jardim Guarituba, em Piraquara e, mesmo com a temperatura beirando 5 graus, muitos curiosos saíram de suas casas para acompanhar o trabalho da polícia e a retirada do corpo pelo Instituto Médico-Legal. Os filhos da vítima foram levados por um parente, que os entregaria para a mãe em seguida.

Segundo o soldado Bertuzzi, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, um morador, que não quis se identificar, contou que viu seis pessoas, quatro homens e duas mulheres, vestindo jaquetas ?peruanas?, cercando a vítima e fugindo em seguida. ?Muitas pessoas se aglomeram em volta do corpo, mas ninguém sabe dar informação concretas sobre o que aconteceu?, contou o soldado sobre a dificuldade em conseguir informações no local do crime.

O investigador Berezoski, da delegacia daquele município, contou que a forma como o rapaz foi executado direciona as investigações ao envolvimento com o tráfico de drogas. ?É muito cedo para poder afirmar alguma coisa, até porque a autoria não é conhecida?, comentou.