Ao tentar separar uma briga, Edivino Nunes de Lima, 37 anos, foi ferido com um tiro no peito às 3h40 de ontem, na localidade de Espigão Alto, em Araucária. Levado ao Hospital Niss III, chegou sem vida.

O superintendente Edson Vieira de Andrade, da DP local, disse que a vítima estava em um baile de formatura, quando dois homens começaram a brigar. Ele tentou apaziguar os ânimos, mas um deles sacou a arma e desferiu um único tiro. Em seguida, o autor fugiu. ?Ainda não apuramos o nome do autor, mas ele deve se apresentar nos próximos dias na delegacia para explicar o que aconteceu no baile?, disse Edson.

Mais um

Briga de família terminou em morte na localidade de Guajuvira, também em Araucária. Hélio José Padilha, 40 anos, levou uma paulada na cabeça, no início da madrugada de ontem. Levado ao Hospital Niss III, foi medicado e liberado. Por volta das 5h, Hélio foi conduzido novamente ao hospital, por parentes, e morreu.

De acordo com a polícia, o autor do golpe contra a vítima foi seu ex-cunhado. ?Vamos identificá-lo. Caso não se apresente nas próximas horas, vamos solicitar a prisão preventiva à Justiça?, adiantou o superintendente Edson.