Briga de bar pode ter sido o motivo da morte de Aurélio Silveira de Souza, 59 anos, assassinado a tiros, por volta de 23h de domingo, no Boqueirão. O crime aconteceu na Rua Cadete Reno Guido Longo Júnior, próximo ao Canal Belém, e os moradores da região disseram que ouviram gritaria, tiros e o barulho de um carro, deixando o local em alta velocidade.

Segundo o tenente Rudnick, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, os moradores disseram que não deram muita atenção aos gritos de uma mulher. Alguns minutos depois, escutaram três tiros e o barulho do veículo. “Os moradores viram, de dentro das suas casas, um homem caído na rua. Quando chegamos ao local, ele já estava morto.”

Investigação

O superintendente da Delegacia de Homicídios, José Carlos Machado, disse que as hipóteses de assalto ou de crime relacionado ao tráfico de drogas estão praticamente descartadas.

Uma possibilidade é que ele tenha se envolvido em alguma confusão em um bar ou baile. “Qualquer pessoa que tenha mais informações sobre esse crime pode ajudar a polícia. Não precisa se identificar, basta telefonar para 3363-0121.”