Um assaltante de ônibus, dono de extensa ficha policial, foi assassinado antes que a polícia cumprisse mais um mandado de prisão contra ele. Ademilson Carneiro (foto), 27 anos, foi baleado na noite de segunda-feira, na Rua São José, Guarituba, em Piraquara. Ele não resistiu aos ferimentos, e morreu no dia seguinte, no Hospital Evangélico.

Ademilson foi reconhecido por pelo menos seis vítimas de assalto, conforme informou o superintendente Danilo Duzi, da delegacia local. Há cerca de 20 dias, o marginal já havia sofrido uma tentativa de homicídio. “Ele levou um golpe de arma branca na cabeça e ficou internado. Conseguimos identificá-lo e pedimos sua prisão preventiva. O mandado saiu, mas não tivemos tempo de cumpri-lo”, disse. Conforme Danilo, Ademilson era usuário de crack e praticava os roubos para manter o vício.